Fintechs brasileiras: 5 alternativas a bancos que valem sua atenção

By 23/11/2017 August 13th, 2018 Mercado
Fintechs brasileiras: Nubank, Banco Neon e outras apostas promissoras.

Fintechs Brasileiras: com certeza você já ouviu falar dessas startups que estão revolucionando o mercado financeiro do país. São desde empresas que estão mudando o sistema bancário até startups que pretendem popularizar outros tipos de investimentos.

Conheça alguns destaques entre as Fintechs Brasileiras:

Preparamos uma lista com novas iniciativas que estão dominando o lugar que antes era exclusivo dos grandes bancos e também novas formas de investimento. Será a morte dos bancos? Ainda não sabemos, mas com certeza vão mudar o mercado como conhecemos. Fique ligado, abaixo as 5 alternativas à bancos ou de investimento:

Cartões de Crédito: Nubank

Nubank está entre as fintechs brasileiras mais badaladas

Nubank, destaque entre as Fintechs Brasileiras por seu customer sucess.

O Nubank é uma das pioneiras entre as fintechs brasileiras. E o impressionante é que uma startup com pouco mais de quatro anos já tenha emitido mais de 2.5 milhões de cartões!

Uma das razões para estarem dominando o mercado está o seu famoso customer success (leia mais sobre aqui). O Nubank não poupa esforços em mimar seus clientes. Não são raros, os depoimentos nas redes sociais de usuários impressionados com o nível de serviço do Nubank.

Ainda mais interessante, se considerar que é uma experiência 100% digital, pois trata-se de uma instituição financeira com atendimento unicamente online, via chat.

Para saber mais sobre Customer Success, vale a leitura do Delivering Happiness, Satisfação garantida em Português, do CEO da Zappos, o Tony Hsieh.

Depois do sucesso estrondoso do seu cartão de crédito sem anuidade,  esse ano foi lançado o Nubank Rewards, um serviço de recompensas mais transparente que as tradicionais milhas aplicadas cartões de créditos dos bancos.

E recentemente causaram um verdadeiro frisson ao anunciar a Nuconta. Uma conta que além de ser totalmente digital e sem custos pretende remunerar o cliente pelo investimento.

Contas Digitais: Banco Neon

Neon é destaque entre as fintechs brasileiras

Neon: o banco digital  descomplicado.

O Neon é outra das fintechs brasileiras mais faladas no momento. Já possui quase 200 mil correntistas e tem planos ambiciosos para o futuro. Um banco 100% digital, tornou a abertura de uma conta corrente bem mais simples e ágil.

Basta apenas um cadastro no aplicativo, sem a análise de crédito do cliente.
O grande diferencial da conta digital é que não possui taxas e emite um cartão de débito gratuitamente. Além de um cartão virtual que pode ser usado para compras online.

Há também a possibilidade de receber transferências via boleto. E transferências entre contas neon também são gratuitas. Outra vantagem é poder aplicar em CDBs com liquidez diária, de maneira ágil e fácil, pelo próprio aplicativo. Com direito a um saque e um TED gratuito por mês.

Em 2017, a Neon lançou também a conta digital para pessoa jurídica. Inclusive muitas das startups aceleradas no Darwin usam o Neon. Mesmo ainda em fase de testes, já proporciona alguns dos mesmos benefícios da conta para pessoa física, como a ausência de taxa de manutenção.

Emissão de pagamentos: PagueVeloz

Uma startup promissora entre as fintechs brasileiras

PagueVeloz: boletos, cheques, contas, SMS, cartão.

A PagueVeloz foi acelerada pelo Darwin em 2016, e já estão em fase de tração. Com mais de 6200 clientes até o momento, crescem exponencialmente a cada mês: em outubro movimentaram  cerca de 90 milhões, um volume 25% maior que mês anterior.

A startup oferece um sistema de pagamento para empresas, de uma forma tão segura quanto um banco tradicional. E com mais funcionalidades: emite boletos, fornece máquina de cartão para aceitação de cartões tanto de débito como crédito, e ainda envia SMS de confirmação para o cliente.

Além disso é possível utilizar o dinheiro das vendas em até 24 horas após a confirmação do pagamento. A plataforma permite  a utilização do saldo da conta para fazer o pagamento de contas ou até mesmo carregar um cartão de débito VISA internacional.

A PagueVeloz é especializada em desenvolver solução de pagamento customizada para nichos de negócios, como por exemplo o ramo automotivo e de salões de beleza.

Para e-commerce, há a integração com uma das plataformas mais utilizadas no mundo, o Magento. Assim websites desenvolvidos nessa plataforma tem um recebimento muito mais rápido!

Ficou Curioso? Acesse o site da PagueVeloz para entender melhor.

Investimentos: Warren

fintechs brasileiras para investimentos: warren

Uma nova maneira de planejar e investir, com a Warren.

A Warren é a sensação das fintechs brasileiras do momento, criada por ex-executivos da XP Investimentos, com uma proposta inovadora para incentivar e facilitar investimentos pessoais. Baseada em uma ideia criada quando alguns dos fundadores moravam em Manhattan, a Warren iniciou suas operações em Porto Alegre em 2015, depois que uma instrução da CVM permitiu que gestoras de portfólio também fizessem a distribuição de produtos financeiros.

Mais que uma gestora, a Warren funciona da seguinte maneira: ao abrir a conta, pode inserir um objetivo de vida, que pode ser atingir um milhão de reais ou fazer aquela tão sonhada viagem, por exemplo. Depois só colocar o prazo para atingir esse sonho.

A partir dessas informações e do capital disponível para investir, a corretora indica os melhores investimentos, baseados também no risco que o cliente está disposto a correr.

O segredo por  trás dessa indicação é o algoritmo da Warren, um robô que analisa todas essas informações e os investimentos para atingir o objetivo no tempo estipulado. E ainda com uma das menores taxas do mercado: 0,8% ao ano! Conheça mais sobre a Warren aqui.

Bolsa de Valores de Precatórios: Mercatório

fintechs brasileiras: a bolsa de valores de precatórios

Funciona como uma bolsa de valores, que negocia precatórios.

A Mercatório também é uma das startups aceleradas pelo Darwin, e lida com um tipo de investimento pouquíssimo conhecido: o Precatório.

Mas afinal o que é um precatório?

O Precatório é uma requisição de pagamento contra o Governo, após ele ter perdido uma decisão judicial e não conseguir mais recorrer. Ou seja, o governo foi processado, perdeu e agora deve uma bolada para alguém.

É similar ao título da dívida pública, ou tesouro direto. Só que ao contrário do tesouro, o Precatório não tem uma data definida para ser pago, o que pode fazer com que os donos do Precatório estejam dispostos a vender por um valor abaixo do que ele vale.

Por que e como investir em precatórios?

O Precatório é uma ótima alternativa para investimentos de médio e longo prazo, pois o valor de compra varia entre 30% a 70% do valor real. Um bom investimento para aposentadoria, por exemplo.
Além disso, rende IPCA + 6% ao ano! E podem ser utilizados também para pagar alguns impostos como ICMS, ISS e PIS/COFINS.

Como funciona a  Mercatório?

A Mercatório é um tipo de bolsa de valores de precatórios, onde mostra TODOS os títulos existentes. E ainda centraliza todas as informações sobre esse tipo de título, proporcionando assim uma maior segurança ao comprador.

Além de fazer análise jurídica do processo e procurar o tipo de Precatório que o comprador precisa,  simplificando o investimento, para quem não tem o costume de comprar esse título.

Conheça mais sobre a Mercatório aqui, e entenda a revolução que vão fazer no mercado financeiro.

Para saber mais tendências para fintechs brasileiras clique aqui. E você que quer ser também um empreendedor de mais uma das fintechs brasileiras, entenda aqui as vantagens e desafios desse mercado.

 

Join the discussion One Comment

Leave a Reply