3 formatos de conteúdo para sua startup começar a fazer marketing gastando pouco

By 11/04/2018 April 13th, 2018 Crescimento, Marketing, Produtividade
por VidMonsters

O surgimento de uma empresa traz consigo uma grande quantidade de preocupações. Na tentativa de sobreviver esse período inicial economizando o máximo possível, uma boa parte dos investidores acaba deixando de pensar no marketing para startup como estratégia principal. O que é um grande erro!

Em tempos passados, nos planos de desenvolvimento, era fácil ver que as empresas começavam a investir tardiamente nas estratégias de marketing. Isso acontecia devido ao fato do marketing tradicional depender exclusivamente de veículos caros e formatos complicados.

Sem qualquer alternativa disponível, as startups sofriam para se colocar no radar dos consumidores.

Mas essa realidade mudou muito com o crescimento do ambiente digital e principalmente com a chegada do marketing de conteúdo.

Nesse texto será possível entender o que faz do marketing, principalmente o de conteúdo, uma das estratégias mais efetivas para uma empresa que acabou de nascer.

Marketing não é gasto, é investimento

Para começar a pensar no investimento em marketing, é importante colocar na cabeça que: estratégia de marketing para startup não é custo, é investimento.

É preciso ter em mente que o sucesso em atração e conversão de clientes de forma recorrente e previsível não acontece sem esforço em marketing independente do quão inovador ou de alta qualidade seu produto ou serviço seja. Afinal, sem isso, como seus potenciais clientes irão saber que você existe?

Trabalhar com plataformas de e-mail marketing, criar um blog para sua marca ou comprar equipamentos para produzir vídeos, não deve ser tratado como um fardo financeiro, mas sim como o principal link para uma empresa que disputa espaço em um mercado extremamente competitivo.

Essa visão é fundamental na atração de novos clientes, além do crescimento e estabelecimento da marca como referência no mercado. Portanto não tenha medo de investir no marketing desde o início da vida de sua empresa.

Marketing de conteúdo para Startups que estão começando

As mudanças no comportamento dos consumidores permitiu que o marketing digital se tornasse referência entre as estratégias.

O mercado chegou ao ponto onde o consumidor busca cada vez mais as marcas que ofereçam informações úteis e não apenas produtos/serviços. Isso criou um ambiente ideal para que startups tivessem mais oportunidade ainda de brigar pelo mercado com as grandes empresas.

A conquista de clientes atualmente é baseada na confiança e no desenvolvimento de um relacionamento entre marca e pessoa.

Um bom planejamento de marketing de conteúdo é fundamental nesse processo, já que a marca consegue se mostrar bem mais amiga e “humana”.

Dentro de redes sociais, sites, blogs e até em plataformas de vídeos, é possível começar a disseminar conteúdo – muitas vezes de forma gratuita – para atingir os mais variados públicos.

Essa construção precisa ser estudada para que possa ser feita da forma mais efetiva e obviamente sem gastar muito, até porque estamos falando de marketing para startup não é mesmo?

Agora você conhecerá mais sobre algumas das melhores formas de produzir conteúdo dentro da internet, independentemente da sua persona.

3 formatos de conteúdo muito em conta que você pode apostar

1. Blog post

O blog é um dos grandes trunfos do marketing digital. No início o blog era apenas utilizado de forma pessoal, porém o interesse do marketing nesse tipo de plataforma foi aumentando, graças à relevância que alguns blogs pessoais atingiam.

Dentro de uma ferramenta de pesquisa como o Google existe a parte orgânica das buscas. Esse setor é extremamente disputado pelas marcas, pois são calculados em ordem de relevância para o que foi pesquisado pelo usuário.

O potencial do blog sempre esteve presente nessas pesquisas graças ao formato do conteúdo, que apresenta uma quantidade e qualidade de informação mais relevante do que a maioria dos sites tradicionais.

Outro grande ponto para um blog ter mais crescimento que um site isolado, é o fato dele ser mais dinâmico e interativo.

Hoje, com o crescimento da interação entre as plataformas, é possível gerar ainda mais alcance. Se seu conteúdo for bem produzido é bem possível que os visitantes compartilhem em outras redes, o resultado disso é um maior acesso e engajamento, ou seja, mais autoridade sobre o assunto você terá.

Atualizar um blog constantemente com posts relevantes e de interesse do público é uma tarefa fundamental para o funcionamento desse formato, porém para isso é necessário entender sua persona e traçar um plano de marketing de conteúdo correto.

Todo esse potencial pode ser feito com o menor investimento possível e, dependendo da plataforma escolhida, ele pode ser até nulo. Isso é essencial para uma estratégia de marketing para startup, já que normalmente não existe muita disponibilidade de investimento.

O que faz essa estratégia ser diferente na maioria dos casos e criar um destaque distinto no mercado, é o foco da empresa em nutrir esse blog e acreditar na proposta.

Que tal tirar um tempinho na agenda e começar a compartilhar seu conhecimento com seus futuros clientes?

2. Vídeos

Pensando em uma estratégia inicial de marketing para startups pode parecer que os vídeos são extremamente mais complicados de produzir que a maioria dos formatos, mas a realidade é exatamente o contrário.

Esse formato é tão possível que quase 50% dos profissionais de marketing do mundo querem adicionar a produção direcionada para o Youtube, como estratégia principal de conteúdo para 2018.

Isso reflete a grandeza e importância do vídeo marketing na construção de relacionamento com o consumidor. Procurando um número maior de conteúdo, o público chegou ao ponto de dar muito mais preferência a uma produção audiovisual do que outros tipos de formato.

Os vídeos ainda estão presentes como tendências para o mercado nos próximos anos, ou seja, ainda existe muito espaço para investimento nessa área e muito formato de vídeo para ser explorado.

Cada formato de vídeo apresenta características únicas que podem ser adaptadas ao seu público e tipo de produto/serviço. De vídeos tutoriais a institucionais, as possibilidades beiram o infinito nesse conteúdo que é atemporal e extremamente atrativo.

Então não fique para trás e comece a desenvolver o vídeo marketing dentro da sua empresa.Existem passos simples para iniciar uma produção de qualidade profissional, investindo pouco e sendo possível até montar um set de filmagem em casa, o chamado home studio.

3. E-mail marketing

Possivelmente uma das estratégias mais conhecidas e controversas que existem atualmente, o e-mail marketing possibilita um contato simples e fácil com um grande banco de dados.

Mas essa estratégia ainda é válida?

Esse formato já foi bastante criticado pela sua eficiência, porém alguns estudos mais aprofundados apresentaram resultados que não haviam sidos levados em consideração:

  • Capacidade de viralização
  • Interativo
  • Integração com campanhas
  • Facilidade de desenvolvimento

Porém para usufruir de um e-mail marketing que dê resultado é importante tentar deixar de lado as promoções invasivas. O consumidor valoriza muito mais o conteúdo “feito para ele” do que um e-mail que apenas contenha propaganda.

Um e-mail de boas vindas, por exemplo, recebe em média 320% mais receita atribuída a ele do que em e-mails promocionais.

O e-mail pode ser utilizado como uma ótima fonte de conteúdo, de forma integrada a um blog. Além disso, pode ter uma maior taxa de cliques quando é apresentado com um vídeo.

Portanto, trabalhe com formatos mais interessantes dessa ferramenta. Pode ser e-mail com vídeo, que funcione como um blog post, que mostra novidades internas da sua startup ou até utilizar formas mais interativas com conexão de outras plataformas.

Dica Bônus: Cases de sucesso

Essa dica é valiosa para dar um boost na construção de sua marca.

As pessoas que já experimentaram seu produto/serviço são extremamente importantes no convencimento de novos clientes, principalmente aquelas que têm uma boa história para contar.

Os cases de sucesso utilizam exatamente esse ponto. Um depoimento de um cliente real pode ser fundamental no desenvolvimento de confiança, ainda mais em um processo de compra.

Validar tudo aquilo que sua empresa tenta passar é muito mais efetivo quando o case de sucesso é utilizado, principalmente em formato audiovisual, os chamados vídeo cases. Além de mais atrativo, as mensagens podem ser passadas de forma transparente e isso gera mais proximidade da marca e cliente.

Aqui é fundamental mostrar a história e porque o cliente procurou sua empresa. A partir disso é possível mostrar alguns processos internos de criação e concepção do produto/serviço, finalizando com os resultados dessa parceria.

Colocando a mão na massa

Depois de entender que não existem mais barreiras nas aplicações de marketing para startups, é possível desenvolver estratégias que irão impulsionar os primeiros momentos de vida da sua empresa.

O investimento em conteúdo é fundamental desde a construção de marca até a conversão de vendas, fazendo alguns formatos ganharem grande relevância entre os consumidores.

Blogs e vídeos são pilares de um relacionamento duradouro com os clientes, além de serem a chave para a conquista de autoridade e destaque dentro do mercado.

Portanto não deixe de conhecer ainda mais sobre essas estratégias, que se mantém como tendência para o futuro do marketing mundial. Mantendo assim uma postura de quem quer liderar o mercado desde o início.

 

Esse conteúdo foi produzido pela equipe de marketing da Vidmonsters. Se você quiser conhecer mais sobre a importância do vídeo no futuro do marketing, clique aqui e acesse blog da VidMonsters.

Leave a Reply