Darwin Insights: Use o Plano de Marketing Para Escalar sua Startup

By 25/06/2021 June 30th, 2021 Darwin Insights

conteúdo produzido por: ZMOT Institute

Quando dizemos que as startups são o presente e o futuro dos negócios, é natural que tenhamos o impulso de desejar fazer parte desta onda de inovação o mais rápido possível.

Entretanto, de nada vai adiantar se jogar de cabeça se antes não nos preocuparmos com uma coisa específica: a organização.

Assim como tudo em nossas vidas, organizar é sinônimo de um trabalho bem feito, e nos negócios não seria diferente.

Para te ajudar a melhorar, ordenar e estruturar o seu da maneira mais eficaz, trouxemos este conteúdo completo no qual falaremos sobre Plano de Marketing.

Apesar do nome, não deixe que ele te engane! O planejamento de marketing envolve todas as áreas de uma empresa e impacta ela toda também. Assim, vamos aprender a organizar a sua marca de forma simples e eficaz.

Para saber como criar seu planejamento perfeito, basta continuar a leitura!

Criando o seu plano de marketing

O quão bem você conhece a sua startup? Ou o seu mercado? Ou os seus clientes?

Provavelmente respondeu “muito bem” para as três perguntas, e isso é ótimo. Afinal, agora você poderá usar estes conhecimentos para moldar um planejamento ideal e extremamente personalizado para a sua empresa.

Podemos definir o Plano de Marketing como sendo um documento completo que irá detalhar o ambiente em que sua marca está inserida e traçar estratégias.

Alguns dos pontos abordados são: público-alvo, mercado externo e interno, posicionamento de marca, métrica, entre outros.

A questão para que possamos entender bem este planejamento é que, por mais fantasioso que pareça, poderíamos dizer que ele é como um guia para se tornar o melhor no seu ramo.

Sei que parece exagero, mas não é! Isso porque com o plano você será capaz de analisar sua empresa, seus concorrentes e seu público, otimizando seus esforços e economizando tempo e dinheiro.

E agora que já te convenci da importância e das vantagens de se planejar o marketing desta forma, vamos ao que interessa. Mas como posso criar o meu plano agora mesmo?

Defina seu público

O primeiro passo para criar o seu planejamento é definir e detalhar seu público-alvo.

Se você é novo nos negócios talvez ainda não tenha detalhado uma persona para sua empresa. E tudo bem, afinal essa é uma oportunidade perfeita para fazer isso.

A persona, este personagem que representa seu consumidor ideal, deverá ser baseada estritamente em dados sobre o seu público e o seu nicho de mercado. Sem a possibilidade de invenções, ela irá refletir seus consumidores, sendo sua linha guia para atingi-los.

Uma empresa não precisa necessariamente ter apenas uma persona. Na verdade, entre três e quatro é uma boa quantidade. Assim, se esforce para conhecer o seu público de forma a conseguir chegar até eles da maneira ideal.

Algumas características que são essenciais para a criação da sua persona são:

  • Idade
  • Localização geográfica
  • Dores
  • Necessidades
  • Objetivos
  • Objeções a sua empresa
  • Canais de comunicação mais usados

A partir de tais análises, você será capaz de conhecer seu consumidor e também seu comportamento, podendo prever ações e abordá-los da maneira e hora ideais.

Analise o mercado

Na sequência é preciso entender como funciona seu mercado, tanto interno quanto externo.

Para isso sugerimos uma simples análise SWOT!

A sigla em inglês, que pode ser traduzida respectivamente como forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, irá te ajudar a colocar, de forma visual, tudo o que precisa saber quanto ao seu nicho.

Através de pesquisas quantitativas e qualitativas, você deverá analisar a concorrência, mas também olhar para a sua própria empresa, de forma a encontrar as respostas para cada um dos quadrantes.

Nas sessões de forças e fraquezas você preencherá com informações sobre sua startup, enquanto nos quadrantes de oportunidades e ameaças colocará dados sobre os seus competidores.

Deste modo terá uma visão clara de por onde deve começar a agir.

Defina o posicionamento de marca

O terceiro passo do plano de marketing é desenvolver um posicionamento de marca antes de começar a colocar a mão na massa. Este posicionamento nada mais é do que traçar características quanto ao seu modo de se portar, conversar e ser visto pelo público.

A personalidade de marca pode ser traçada com base em um ou dois (neste caso usando uma proporção de 70% para 30% de importância para cada) arquétipos.

Eles serão capazes de te dar um direcionamento, uma vez que são uma personalidade pré-moldada. Mas não se engane achando que apenas por ter um arquétipo que não precisará ter um toque próprio.

A marca Lego e a Sony são ambas pertencentes ao arquétipo do criador, entretanto elas são bem distintas entre si. Apesar de seguirem um direcionamento em comum, elas não abandonam suas particularidades.

As possibilidades de arquétipos são: Criador, Sábio, Mago, Cara Comum, Bobo da Corte, Apaixonado, Governante, Cuidador, Fora da Lei, Explorador, Herói e Inocente.

Trace objetivos

Agora que já sabe tudo o que precisa sobre seus clientes, seu nicho e você mesmo, é hora de traçar objetivos claros. Onde você quer chegar? O que quer fazer?

Pense na relação entre as oportunidades do mercado e suas forças, bem como nas ameaças e em suas fraquezas. Então compare tudo com as dores e necessidades da sua persona.

Deste modo você conseguirá desenhar um caminho com as melhores oportunidades a serem seguidas. Se impedindo de gastar tempo, dinheiro e dedicação a estratégias furadas.

Uma vez que seu objetivo foi traçado, é necessário organizá-lo para que possa ser medido. Por isso, atribua métricas a tudo.

Uma boa forma de se manter focado neste momento de análise é usando KPIs. Os indicadores-chave de desenvolvimento te ajudarão a se concentrar no que realmente importa.

Encontre estratégias

Agora ficou fácil! Se você já sabe exatamente o que deseja fazer, basta encontrar uma estratégia que entregue isso a você.

Pense na relação entre o tanto de dinheiro que pode gastar e o tempo que têm disponível.

Algumas estratégias, como o email marketing, são muito brandas mas demandam um longo caminho. Enquanto outras, como as propagandas pagas, são rápidas mas custosas.

Analise suas disponibilidades e escolha a que melhor te levará ao seu objetivo.

Documente tudo

Por fim, agora que tem tudo pronto, documente cada um dos detalhes que encontrou. Desde de a persona até as estratégias, passando por dúvidas, insights e até mesmo ideias que acabaram descartadas.

Ao organizar e guardar tudo isso ficará mais fácil compartilhar suas descobertas com sua equipe e também revisitar o plano de marketing quando necessário. Porque, sim, ele precisa ser revisto continuamente para que acompanhe o desenvolvimento da sua startup.

A forma como irá fazer isso fica a seu critério. Com gráficos, textos, planilhas ou afins, o importante é ter tudo guardado para o presente e para o futuro.

Conclusão

A criação de um plano de marketing é essencial para qualquer empresa que deseja ser grande, afinal sem organização não se chega a lugar nenhum.

Ela te ajudará a ser mais produtivo e gastar seu tempo, dinheiro e esforço, com coisas que realmente valem a pena e que irão retornar para você.

E agora que já sabe como criar seu plano de marketing, que tal deixar um comentário nos contando o que achou do conteúdo? Adoraríamos saber a sua opinião.

Leave a Reply