Especializada em antecipação de recebíveis, a Openbox.ai leva crédito para empresas sustentáveis

By 04/12/2020 Batch #8
openbox-darwinstartups

Empresas que investem em sustentabilidade ou são deste nicho de mercado podem ter mais facilidade de acesso ao crédito

A sustentabilidade é uma bandeira que não pode mais ser ignorada pelas empresas ao redor do mundo e cada vez mais atrai investidores e o próprio setor financeiro. Atenta a esta tendência e com a meta de impulsionar empresas que são sustentáveis, a Openbox.ai nasceu com o propósito de garantir crédito com taxas mais atrativas e oferecer desconto na taxa de juros para empresas com ações sustentáveis.

Uma destas empresas é OSucateiro.com (www.osucateiro.com), plataforma online de venda de sucatas.  “Nós fizemos uma integração com o portal, e toda empresa que quiser comprar as sucatas disponíveis na plataforma terá acesso ao crédito disponibilizado pela Openbox”, explica Natalia Braulio, CMO da Openbox.ai. Ambas as plataformas possuem em seu modelo de negócios a essência da sustentabilidade: enquanto OSucateiro.com oferece a oportunidade de indústrias gerenciarem seus estoques obsoletos, máquinas ociosas, resíduos e sucatas, vendendo-os de forma online, a Openbox.ai busca entregar crédito justo para essas empresas que percebem oportunidades de negócio através de seus resíduos sólidos.

De acordo com Natalia, a Openbox.ai pretende ajudar a fortalecer a gestão financeira de pequenas e médias empresas e a desenvolver e apoiar ações de sustentabilidade corporativa. “Não é um requisito eliminatório, mas quem quiser obter taxas de desconto mais baixas terá que preencher os 52 requisitos necessários para conquistar um selo verde, uma espécie de certificação validada pela ECOCERT Brasil”, explica.

A startup conta hoje com investimentos de pessoas físicas que investem em renda fixa, com risco baixo, permanência mínima de apenas seis meses e liquidez em 30 dias. Entre os investidores estão brasileiros que vivem fora do país, em especial na Espanha, Portugal e Croácia. O CEO Maurício Rodrigues explica que os investidores viram uma maneira de ganhar dinheiro e ainda participar do que chamam de investimento responsável e transparente. “Eles querem saber das empresas e dos seus projetos de sustentabilidade”, diz. 

Press Release produzido por: Vocali