HandOver, startup da Hards/Darwin, inova no segmento de logística com lockers inteligentes

By 31/03/2020 May 8th, 2020 Notícias
darwin-hards-handover

A logística de entrega e retirada de mercadorias não é algo simples para as empresas, e demanda todo um planejamento por trás de cada ação tomada. Pensando em facilitar a logística desse setor, a HandOver, startup que possui sede na cidade de São Paulo, passou a conquistar espaço dentro do mercado trazendo o uso de lockers inteligentes por meio da operação de cross docking, que é o nome dado a um tipo de sistema de distribuição que funciona assim: quando alguém compra determinado produto no seu site, ele é enviado a um centro de distribuição ou armazém que, por meio de um sistema organizado de redistribuição, o envia para o cliente.

No Brasil, uma pesquisa do site Reclame Aqui, em 2018, apontou que 64% dos consumidores desistem da compra por conta dos altos custos de frete. Isso mostra o quanto os ecommerces e empresas de logística precisam investir em soluções que reduzam os custos envolvidos no processo de entrega dos pedidos, desta forma oferecendo aos clientes opções de frete mais barata.

Lockers inteligentes da HandOver para operações de cross docking

A HandOver trouxe consigo a ideia de implementar um novo modelo de cross docking, visando descentralizar o processo de entrega para diminuir o valor do frete e, assim, estimular a compra online. 

Os lockers inteligentes da HandOver, dentro do sistema de cross docking, funcionam como “micros” centros de distribuição, estando localizados entre o centro de distribuição (CD) do ecommerce e a residência do consumidor. As encomendas são levadas do CD aos lockers, que ficam próximo a casa dos consumidores, e, de lá, são transportadas por colaboradores, de bicicleta, patinete, motocicleta ou até mesmo a pé até o cliente final. 

Dessa forma, é possível baratear o frete, tendo em vista que o last mile (último percurso a ser percorrido pelo produto até seu destino final) é feito de maneira mais econômica e descentralizada. 

O modelo de lockers inteligentes da HandOver para operações de cross docking na logística last mile é uma solução de transit point (um lugar onde os produtos são armazenados por algumas horas, para serem redistribuídos), que viabiliza a distribuição, reduz o custo, aumenta a eficiência da entrega dos produtos e tem como objetivo movimentar a economia de forma geral, ao ajudar os comércios físicos ou virtuais na entrega mercadorias. 

Com suas soluções, a HandOver já conseguiu entregar diversos resultados, como por exemplo, em um grande e-commerce brasileiro que usa os serviços de lockers inteligentes para operações de cross docking, a economia foi de 25% nos gastos em custos na operação. 

Isso trouxe um aumento na eficiência e autonomia, além de redução de dependências. O motorista não precisa esperar o entregador para deixar suas suas cargas e já realiza a ação nos lockers da startup. 

HandOver é acelerada pela HARDS spin-off da Darwin Startups

Atualmente a HandOver está sendo acelerada pela Hards, a 1° aceleradora de Hardware e Software do Brasil, tendo surgido do spin-off da aceleradora Darwin Startups juntamente com a fundação CERTI (CVentures). 

A HARDS atua como um elemento para evolução de startups do segmento da Indústria 4.0, estimulando principalmente a evolução de produto e acesso ao mercado.

Sauer, CEO da HandOver, comenta que “uma das maiores contribuições da HARDS para a HandOver está em facilitar o desenvolvimento das tecnologias aplicadas nos lockers inteligentes, além de acelerar o ciclo de evolução do produto”.

A HandOver passou por um processo de pré-aceleração com mais de 200 startups, e foi uma das 7 que entraram para a aceleração. Com o objetivo de entrar no mercado local e reduzir a curva de crescimento do negócio a startup trouxe parte do seu time para a cidade de Florianópolis – SC.